«Voltar para notícias

 

Clube dos Gatos

Na mitologia, o gato sempre desempenhou um papel importante. Desde a semelhança com a Esfinge, os egípcios já manifestavam muita estima por essa espécie. O felino doméstico surgiu na Europa na Idade Média e, até o século XVI, era considerado raro e precioso. Nos dias de hoje não é diferente. De acordo com a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), em 2022, para cada cachorro que for visto passeando na rua de coleira, haverá um gato dentro de uma casa no País. Em todo o Brasil, existem vários grupos organizados para ajudar criadores e incentivar os amantes de gatos. A Associação Felina do Brasil (AFB) é um bom exemplo: “O Clube é filiado a uma federação internacional. Para se filiar, o sócio precisa se submeter às regras, como registrar todos os nascidos em seu gatil através da emissão do pedigree, microchipar os animais de seu plantel, não acasalar raças diferentes, não permitir que as gatas tenham crias em intervalos menores de oito meses e manter os animais em ambiente saudável. Os gatos sem raça definida (SRD) devem ser castrados”, explica Crisanto Barros Filho, presidente da AFB.

Abissínios

Arlindo Chaves cria abissínios, a raça mais antiga que existe. São animais de pelo curto e corpo forte: “Introduzi a raça aqui no Ceará e hoje tenho gatos vindos da Argentina, Canadá e EUA, também fui o primeiro criador de bengal aqui do Estado. É uma das poucas raças que surgiram através do cruzamento de um gato doméstico com um selvagem, o leopardo asiático”.

Peterbalds

O dono do gatil ThunderKeys também foi pioneiro na criação de peterbalds no Brasil: “Em 2011, importei um gato que foi o primeiro da raça a chegar aqui no Brasil e em 2012 nasceram os primeiros filhos de Tango. É um gato careca que requer pouquíssimos cuidados além das vacinas e de uma boa ração”, explica Arlindo Chaves. Originada da Rússia, a raça é uma das mais novas a serem aceitas pelas federações felinas de competições no mundo. Origina-se do acasalamento de uma raça sem pêlo chamada don sphynx, com siameses e orientais, que são gatos de orelhas grandes e corpo comprido, são muito carinhosos e apegados ao dono, gostam de atenção e são bem ciumentos com quem convivem.

Fonte: Revista Avipec http://migre.me/fbLoy

Serviço
Gatil ThunderKeys Site: www.gatilthunderkeys.com.br

Acesse o link: http://www.opovo.com.br/app/colunas/eobicho/2013/06/29/noticiaseobicho,3083253/clube-dos-gatos.shtml

 

Comentários

Untitled Document

Copyrigth©GatilThunderkeys - Arlindo Chaves - 2012 | arlindochaves@gmail.com | 85 991992200 / 85 988779065